A Voz dos Comandos da Junta Militar da RENAMO

Não é porque Nhongo morreu a guerra acabou é mentira, a guerra não vai diminuir e nem parar, antes que respondam o documento enviado no ano 2019, ao Gabinete da Presidência da República, através da embaixada da Suíça. Isso que estão a dizer não é nada, aqui temos aquelas pessoas que trab
alhavam directamente com Dlhakama há muito tempo, os grandes grandes estão aqui no mato, outros estão no Djambe, outros Muchamba, General Nhongo só era mandado para falar o que ele falava.

Portanto, temos Comandos que dão treinos os homens recrutados. Lá onde ouve ataques temos 2 bases, nesse caso em Gorongosa e Muanza. Na hora que aconteceu o infortúnio o General estava reunido numa das bases com os cochos e com todos documentos deixados por Dhlakama. A informação do Comandante Geral da Policia, que fala de que o General Nhongo foi morto as 07h, é totalmente diferente com a nossa informação da JMR.  

 


De salientar que os soldados que estavam nessa operação da morte do Nhongo, eram: Moçambicanos, Ruandeses, Zimbabueanos, e Sul-africanos. Eram soldados destes 3 países, que vieram cá com missão de matar e ocupar o terreno, só que não conseguiram ocupar porque morreram muito.

O General Nhongo tinha 150 homens de Segurança quando aquilo aconteceu, tinha também outro Comandante com 200 e tal homens e outro com 300 e tal homens, soldados nossos eram muitos, alguns recebiam a missão de ir reforçar a base onde estava o General porque havia uma informação de que estavam a vir os soldados estrangeiros. Muanza é lá onde tem nossas bases muito escondidas e fortemente armado, diferentemente da Serra da Gorongosa.

Nhongo falou connosco naquele dia, falou quando eram 12h e 15 minutos do dia 11, a dizer que fiquem atentos com todo material bélico que vocês tem, porque os homens que tenho aqui na Base onde me encontro agora, são muito forte mas não se preocupem.

Então isso de dizer que ele morreu as 7h da manhã enquanto os nossos homens nos confirmaram que os ataques terminaram as 09h e pouco, e depois de 2 horas ele falou connosco é complicado, nós não confirmamos que o nosso General morreu as 07h.

 

Depois de tanto confronto, os homens de apoio ficaram espalhados, não conseguiram entrar na base onde estava o General Nhongo com seus 150 homens se Segurança, porque helicópteros estavam a bombardear e havia muita fumaça é onde os Ruandeses conseguiram entrar no esconderijo do Nhongo e colocaram corda no pescoço e o asfixiaram. Mas houve muita gente morta da parte deles.

Que fique bem claro, o General não morreu de bala mas sim, foi asfixiado!


Deixe connosco seus anúncios através do seguinte correio electrónico: saculcardoso01@gmail.com Ed. Sacul Cardoso

Sem comentários