OS MOÇAMBICANOS DESCONFIAM A DETERMINAÇÃO DOS EUA EM AJUDAR MOÇAMBIQUE NO COMBATE AO TERRORISMO



 




Tudo começou por causa do Comunicado a Imprensa Segunda feira 29/03/2019, em Washington pelo Porta-voz do Departamento dos Estados unidos John Kirby reagindo ao recente ataque armado ocorrido em Cabo Delgado Distrito de Palma:
Continuaremos determinados a cooperar com o Governo de Moçambique no combate ao Contra-terrorismo e no Extremismo violento e a derrotar o ISIS, afirmou Kirby, numa declaração condenando o ataque, conforme é citado a Agência Lusa.

A nossa equipe procurou ouvir opiniões dos cidadãos moçambicanos:

Matsinhe - Se os Estados unidos da América entrarem nesse jogo, os seus inimigos também vão entrar, não devemos esquecer de que NATO foi responsável pela destruição da Líbia e aliados dos EUA!
Podemos correr riscos de estarmos naquela situação da Síria, Damasco agora viraram ruínas! Naquela guerra ninguém se rendeu, só tiveram negociações, não sei exatamente como aquilo terminou, Iraque também mesma história!

Na minha pobre opinião, Estados unidos pode nos ajudar mas de uma forma indireta como por exemplo:
Instalar Satélites que nos darão imagens no tempo real.
Instalar rastreadores de comunicação, que pode permitir nos também conseguir Hakear informações confidenciais deles.
Treinar nossos homens em matéria de espionagem (temos que ter homens capazes de se inflitrar no grupo. Eles são bons para isso).
Tudo isso deve ser feito em off, e não deve haver fuga de informação;

Matias - não queremos bombardeios, sejam subtis nas vossas acções, todos sabemos que os EUA estragam tudo e tudo mesmo;

Machado - esses Ocidentais nunca ajudarão em nada, porque são eles os promotores com alguns coniventes Africanos que amam dinheiro de sangue, essa guerra irá terminar se os Africanos ficarem unidos e decidirem combater isto, os africanos podem resolver isto sem contar com a mão externa;

Samuel - O que eles vão querer em troca? Não podemos apertar a mão sem ver o que tem a outra;

Carlitos - estes Americanos querem roubar o nosso Petróleo, será que vocês não estão ver? Desde quando eles ajudam um país sem benefícios;

Nzenzela - Há jogo de interesse, os países Euro-americanos mostraram-se sempre dispostos a apoiar, será que não pode resumir-se num contacto para exploração de recursos minerais e naturais lá existentes?

Pina - Eles é que nos trouxeram os problemas e querem nos vender soluções para que as suas nações continuem prosperando e as suas populações vivam em liberdade e tranquilidade;

Nhaguiluiguane - toda ajuda na matéria de defesa mexe com a soberania de um Estado. A ajuda por enquanto tem de ter em conta com a formação e capacitação nossa tropa;

Moisés - Os Americanos são mentirosos, no Afeganistão prometeram acabar com Alqaeda, volvido duas décadas nada acontece, até Gringos morrem lá.
No Iraque, Síria e Líbia estão a fazer em nome de uma suposta Democracia;

Patulane - Querem derrotar o ISIS como o fizeram no Afeganistão?

Inácio - EUA não vai salvar nenhuma vida, destruíram Iraque, Líbia, Síria e outros países!



Deixe conosco seus anúncios através do seguinte correio electrónico:

Editor: Sacul Cardoso

2 comentários:

  1. Parece que todas as pessoas entrevistadas não foram directamente afectadas pela sangrenta insurgência. Porque não perguntar quem viu seu marido, filhos, etc. a serem decapitados e esquartejados? Quem viu a sua casa e seus sonhos, construídos com sacrifício, reduzidos a cinza em menos de 1 minuto? Porque não entrevistar quem foi forcado a abandonar a sua terra e sem nenhum destino! É fácil para esses caras dizerem que não precisamos de apoio militar porque não estão a viver nessa guerra!

    ResponderEliminar
  2. Para aqueles que ainda não viram nada sobre oque está acontecer em Cabo delegado é facil falar que Moçambique não precisa de ajuda doutros países.meus irmaos isto é sério tudo começou nas brincadeiras, agora todo mundo ou o mundo inteiro quererem ajudar porque estão a ver que os nossos militares não estão preparados para combater esses insurgentes até os mercenários sul africanos que em abril está terminar o contrato deles falaram que os nossos militares não estão preparados para isto . agora porque nós estamos a falar que Moçambique não precisa de ajuda, só resta balama,montepuez,mueda.meus irmão isto é sério.estamos a perder irmãos ( miúdos ) que são enviados para combater sem experiência de combate de guerra.vamos abrir os olhos.mocambique não está capacitado ou preparado para combater o terrorismo.precisamos de apoio sim doutros países com experiência.quem está longe é fácil falar mas quem vive dia a dia nessas situações ,meus amigos,irmãos precisamos de ajuda.abracos .

    ResponderEliminar